FIQUE POR DENTRO
GLAUBER DEPUTADO FEDERAL
+
  NA IMPRENSA
 
Glauber Braga apresenta projeto obrigando polÝticos a prestar contas do mandato
Publicado em 13/04/2011 Jornal A Voz da Serra
 
 
 

Glauber Braga apresenta projeto obrigando políticos a prestar contas do mandato

O deputado federal Glauber Braga (PSB) apresenta ainda esta semana em Brasília anteprojeto de lei obrigando os políticos a prestarem contas do mandato. O projeto, intitulado “Prestando Contas”, obriga senadores, deputados federais e estaduais e ainda vereadores a realizarem audiências públicas com participação popular, mensalmente, com o objetivo de prestar informações sobre a atuação parlamentar. Na prestação de contas, os políticos terão que divulgar a destinação, aplicação e execução de suas emendas orçamentárias; proposições apresentadas perante as respectivas casas legislativas; condução de seus votos nos projetos colocados em discussão — ficando facultativa a divulgação dos denominados votos secretos. O projeto foi apelidado de Lei do Banquinho.


A proposta do deputado prevê que as audiências públicas previstas no projeto poderão ser realizadas por todos os meios hábeis que permitam a participação direta popular, cuja divulgação se dará através de avisos divulgados na página da internet da respectiva casa legislativa e afixados no gabinete de cada parlamentar, devendo ser iniciada com no mínimo 15 dias de antecedência da realização do ato.


Além dessas ações, as casas legislativas deverão disponibilizar em seus sites oficiais espaço destinado à consulta, para todas as pessoas interessadas, contendo informações sobre as audiências públicas realizadas e as que já estejam designadas pelo parlamentares que as integram, individualmente.


“No tempo em que estive como suplente de deputado federal sempre fiz audiências públicas em diversas localidades para prestar contas. No começo fui chamado de maluco por muita gente. Alguns me apelidaram de deputado do banquinho. Não levei como crítica, e sim, que a minha forma de fazer política era diferente da convencional. Se sou o deputado do banquinho, gosto que o projeto receba a denominação de ‘Lei do Banquinho’”, destacou. “Temos obrigação de prestar contas. Se eu consegui fazer essas audiências e deu certo, todos podem e devem fazer. A palavra transparência não deve ficar só nos discursos na campanha eleitoral. Quem não tem nada a esconder vai aprovar a minha iniciativa”, acrescentou.

 
 
Glauber Braga
Avenida Comte Bittencourt, 38
Centro - Nova Friburgo/RJ (22) 2522-3632
contato@glauberbraga.com.br